6 sinais de que você pode ter um problema de pâncreas

  • 6 sinais de que você pode ter um problema de pâncreas

Doenças no pâncreas podem prejudicar a capacidade de digestão dos alimentos

O pâncreas é um importante órgão localizado atrás do estômago, entre o fígado e o baço. A maioria das pessoas sabe que o pâncreas produz insulina, porém, muitos não percebem que ele também produz o suco digestivo que converte os alimentos que comemos em combustível para as células do corpo.

Um pâncreas saudável produz as enzimas corretas, nas quantidades corretas e nos momentos corretos, para digerir os alimentos que consumimos. Se seu pâncreas não produz as quantidades adequadas das enzimas que seu corpo necessita para realizar a quebra e absorção de nutrientes, pode ser que você tenha Insuficiência Pancreática Exócrina (IPE).

PRINCIPAIS DOENÇAS DE PÂNCREAS

As principais doenças de pâncreas são pancreatite aguda, pancreatite crônica, pancreatite hereditária e doença oncológica de pâncreas. A pancreatite é uma doença em que o pâncreas fica inflamado, causando danos quando as enzimas digestivas realmente atacam o próprio pâncreas. Em casos agudos, a inflamação ocorre repentina e de modo doloroso, cicatrizando geralmente com o tempo.

No caso da pancreatite crônica, a inflamação não cicatriza completamente, prejudicando a capacidade de digestão dos alimentos. Nesse caso, essa situação do pâncreas se chama Insuficiência Pancreática Exócrina (EPI). A pancreatite crônica é a causa mais comum de EPI em adultos.

Com o passar do tempo, a inflamação crônica de pâncreas pode causar danos que não podem ser revertidos, prejudicando a função do pâncreas, afetando as células que secretam enzimas digestivas pancreáticas. Geralmente isso pode causar problemas digestivos, assim como pode gerar problemas nas células que produzem insulina, causando diabetes.

Confira 6 sinais de que você pode ter algum problema de saúde no pâncreas:

  • Dor abdominal;
  • Pancreatite aguda;
  • Pancreatite crônica;
  • Pancreatite hereditária;
  • Doença oncológica de pâncreas;
  • Perda de peso (sem causa aparente).


O QUE É INSUFICIÊNCIA PANCREÁTICA EXÓCRINA

A Insuficiência Pancreática Exócrina causa problemas na digestão dos alimentos. Nessa condição, o pâncreas não produz as quantidades suficientes de enzimas digestivas para quebrar amidos, gorduras, proteínas e mesmo algumas vitaminas dos alimentos que consumimos e das quais nosso corpo necessita. Quando isso ocorre, a pessoa pode perder peso, apresentar fezes anormais e sentir dor na barriga.

Felizmente existe uma opção para a maioria das pessoas que apresentam essa complicação de saúde. É possível usar medicamentos que contêm um novo suprimento de enzimas para que o corpo possa fazer a digestão dos alimentos de uma forma correta.

Além do uso de medicamentos, existe a opção de a pessoa seguir dietas de baixo teor de gordura, tomando a precaução de ingerir a quantidade adequada de nutrientes e proteínas.

O QUE É DOENÇA ONCOLÓGICA DE PÂNCREAS

Normalmente a icterícia é um dos primeiro sinais de doença oncológica no pâncreas. Em alguns casos, são feitos exames de sangue relacionados ao pâncreas para buscar um diagnóstico preciso sobre a condição de saúde da pessoa - por exemplo, por meios de exames de função hepática.

Como a icterícia pode ser um dos primeiro sinais de que alguém tem alguma neoplasia no pâncreas, doença oncológica no pâncreas, médicos especialistas podem pedir exames de função hepática para identificar a causa da icterícia.

Nesse caso, o médico responsável pelo tratamento pode pedir exames de sangue para medir os níveis de bilirrubina - a fim de investigar se a icterícia advém de uma doença hepática ou por alguma obstrução no fluxo da bile. A icterícia é caracterizada por uma coloração amarelada da pele e/ou olhos provocada pelo aumento da bilirrubina no sangue. 

Também são feitos exames para identificar alguns marcadores tumorais, ou seja, algumas substâncias que podem ser encontradas no sangue de uma pessoa com doença oncológica no pâncreas.

Estes podem ser dois exemplos de marcadores tumorais em doença do pâncreas:

Antígeno carcinoembrionário (CEA)*

*este não é utilizado com a frequência do CA 19-9

CA 19-9

IMPORTANTE: Vale lembrar que a existência desses marcadores nos exames de sangue nem sempre são uma comprovação de existência de doença oncológica de pâncreas.

Outro ponto, muitas vezes os níveis desses marcadores podem estar elevados por outras razões diferentes não caracterizando um diagnóstico de doença oncológica no pâncreas. Sempre consulte seu médico para que sejam analisados os seus exames e a sua condição de saúde.

É muito importante manter o acompanhamento do médico responsável pelo tratamento quando há níveis elevados de CEA e CA 19-9 sobre doenças relacionadas ao pâncreas.

A doença oncológica de pâncreas, assim como outros tipos de doenças oncológicas, tem início quando as células começam a crescer rapidamente e muitas vezes acabam por formar uma massa.

Infelizmente a doença oncológica de pâncreas tem baixo índice de cura - por isso é importante que o diagnóstico seja feito logo no início da doença. Quanto antes o diagnóstico, aumentam as chances de boa resposta ao tratamento. A doença oncológica de pâncreas mais comum é o adenocarcinoma, o qual tem origem no tecido grandular. 

É importante distinguir a doença oncológica de pâncreas de caráter exócrino (relacionada à função digestiva) e a doença oncológica de pâncreas de teor endócrino (relacionada à função hormonal).Estudos e publicações afirmam que 95% das doenças oncológicas de pâncreas são de caráter exócrino.

Grande parte das doenças oncológicas de pâncreas são aleatórias, mas alguns tipos de doenças oncológicas de pâncreas são de origem genética.

Veja alguns fatores de risco de doença oncológica de pâncreas:

  • Fumar cigarro
  • Histórico familiar
  • Pancreatite crônica
  • Diabetes (iniciada na fase adulta)
  • Algumas síndromes de pólipos e doenças cutâneas

OS BENEFÍCIOS DA VITAMINA D DA PROUD ORIGINS

Neste post da Fosfonline, conheça os benefícios da vitamina D. A vitamina D é essencial para o bom funcionamento do organismo e está relacionada a várias funções no corpo.

A vitamina D contribui com o fortalecimento dos ossos e músculos, favorece a absorção de cálcio e fósforo pelo intestino e age na prevenção de doenças.

Estudos têm mostrado os benefícios da vitamina D na prevenção de depressão e de doenças autoimunes. A vitamina D tem participação fundamental em processos essenciais em nosso organismo.

A vitamina D da Proud Origins contém 10.000 UI de vitamina D. A vitamina D é conhecida como uma vitamina fundamental quando se trata de construir ossos e dentes fortes.

A vitamina D3 é uma forma mais potente e biodisponível em comparação com a vitamina D2.

  • Ajuda o corpo com absorção de cálcio.
  • Reforça a função do sistema imunológico.
  • Promove o fortalecimento dos ossos e músculos.
  • Amplamente estudada na prevenção de doenças autoimunes.

Nos dias logo após o treinamento intenso, a força muscular pode reduzir temporariamente à medida que seu corpo se recupera, o que pode afetar o desempenho.

A vitamina D pode contribuir com a recuperação da força muscular para que você possa voltar a treinar duro.

Consulte o seu médico antes de fazer uso de qualquer suplemento!

Acesse a loja on-line da Fosfonline, temos produtos de qualidade comprovada feitos com matéria-prima de qualidade. A fosfoetanolamina é a dose ideal na hora certa! Conheça os produtos da Fosfonline porque a sua saúde é a sua maior prioridade!

O uso de suplementos não substituem em hipótese alguma uma avaliação médica. Em caso de efeitos colaterais, interrompa imediatamente o uso.

Consulte um profissional da área médica. Os posts deste blog são produzidos por redatores independentes e não têm o objetivo de fazer propor diagnóstico ou indicar qualquer tratamento. A política de privacidade dos artigos deste blog não têm o objetivo de fornecer recomendação médica ou de sugerir automedicação.



Gostou? Classifique!

Escrever comentário

Não use tags HTML!

Comentários